R$ 15,00
R$ 15,00
R$ 15,00

 O quanto custa ser o que se é.

"Nesse sentido, o feminismo interseccional, que reúne em si os marcadores de opressão da raça, do gênero, da sexualidade e da classe social é evidentemente uma luta contra o sofrimento acumulados. Dá dor de ser quem se é, de carregar fardos históricos objetivos e subjetivos. A interseccionalidade das lutas nos leva a pensar que toda luta é luta quando é luta "junto com" outro, o companheiro, contra um estado de coisas injusto."

Trecho do livro "Feminismo em comum" de Marcia Tiburi.

-

Ilustração feita manualmente e faz parte do calendário de 2019 que pode ser feito o download gratuito.

-

papel offset 120mg

14x14cm